Você está perdendo dinheiro mensalmente com correção monetária do PIS/PASEP


Muito se tem falado sobre a possibilidade de questionamento judicial dos valores referentes à correção monetária dos saldos das contas do PIS (CEF) e, principalmente do PASEP (Banco do Brasil).

Mas afinal, é possível tal ação? A resposta é SIM!


Nesses casos, o volume de processos que se tem obtido êxito é muito expressivo, ou seja, para quem tem interesse, vale à pena ajuizar o quanto antes.


Em resumo, o que se questiona nessas ações é a aplicação correta dos juros e índices de correção, além do repasse de alguns benefícios, como RLA (Resultado Liquido Adicional), RAC (Reserva de Ajuste de Cotas), dentre outros.


Os valores, no geral, são bastante significativos e em muitos casos ultrapassam 100 mil reais, mas, como são ajuizadas no juizado federal, ficam limitadas a 60 salários mínimos.


Para a obtenção do valor exato, é necessário a realização dos cálculos, para cada caso específico.


Nós já tivemos alguns contatos para o ajuizamento dessas ações e estamos aguardando a documentação para início.


Para que se possa ajuizar essa ação, é necessário que o saque das cotas tenha ocorrido a menos de 5 (cinco) anos e que o ingresso tenha ocorrido antes de 1988.


#PIS #PASEP #previdência #INSS

Seja qual for a sua dúvida, fique à vontade para nos contatar a qualquer momento!

Posts Recentes

Arquivo

Siga-nos

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2004 Pollak Advogados Associados