NOTÍCIAS & ARTIGOS

30/10/2017

Horas extras, despesas com equipamentos, segurança e previsão em contrato.

A reforma trabalhista trouxe algumas disposições específicas referentes ao home office, que até então não eram tratadas pela legislação. Desde 2011, a CLT prevê que não há distinção entre o trabalho realizado no estabelecimento do empregador e o praticado à distância, o que inclui o home office ou teletrabalho.

Dessa forma, a jurisprudência entendia, de modo geral, que o empregado em home office estava sujeito às mesmas regras dos demais trabalhadores da empresa, como, por exemplo, o controle de jornada, quando isso fosse possível na prática.

A reforma trabalhista mudou um pou...

Please reload

Seja qual for a sua dúvida, fique à vontade para nos contatar a qualquer momento!

©2004 Pollak Advogados Associados